Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

N o s s a   A m é r i c a

Havana, 4 Novembro de 2014

 

Evo Morales: ‘uma rebelião democrática está em curso na
América latina’

O presidente boliviano, Evo Morales, afirmou que na América latina está em curso uma "rebelião democrática”.

"Na América Latina, há uma rebelião democrática, ideológica, acompanhada por programas progressistas”, disse Morales em uma entrevista à agência ANSA

Dessa forma o mandatário comentou a onda de vitórias eleitorais de esquerda no Brasil, Bolívia e Uruguai, nas últimas semanas.

Reprodução

Morales respondeu a uma consulta sobre sua terceira reeleição, conquistada no último dia 12 de outubro com 60 por cento de respaldo, que seguiu os êxitos dos postulantes progressistas do Chile, com Michelle Bachellet; do Brasil, com Dilma Rousseff, e o favoritismo na eleição do Uruguai de Tabaré Vázquez.

"Entre o povo latino-americano há um profundo sentimento de libertação política e econômica”, acrescentou Morales, o primeiro presidente indígena do seu país.

E complementou: "muitos povos são antiimperialistas e anticapitalistas. Estamos exportando uma política social e econômica”, indicou.

Ao ser consultado sobre que coisas podem ser feitas para "governar a globalização”, Morales respondeu que "é necessário globalizar a riqueza, não a pobreza: no sistema capitalista se globaliza a pobreza”, apontou.

Morales disse que "há livre mercado de produtos, mas não há livre trânsito de pessoas; que tipo de globalização temos então? Queremos uma política de solidariedade que seja globalizada”, sustentou.

Evo Morales rechaçou como "carentes de autoridade e moral” as recomendações à Bolívia, formuladas principalmente pelos Estados Unidos e Israel, referentes ao informe divulgado pelo país na vigésima sessão do grupo de trabalho do Exame Periódico Universal (EPU), do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).

"Que moral, que autoridade eles têm. Interventores, massacradores, bases militares. Deveriam ser julgados por seus delitos de lesa humanidade”, disse o mandatário em declarações à ABI.

(Extraído do portal Adital)

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir