Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

N o s s a   A m é r i c a

Havana, 25 Agosto de 2014

 

Tudo pronto na Bolívia para
20º Foro de São Paulo

 LA PAZ.— A capital da Bolívia está pronta para acolher a 20ª edição do Foro de São Paulo, que reunirá 180 partidos e organizações sociais da esquerda da América Latina e outros países.

Tudo pronto na Bolívia para 20º Foro de São PauloO campo de feiras Chuquiago Marka prontifica-se para receber durante toda a semana este evento internacional e a seus participantes. Os organizadores já divulgaram o programa oficial do evento, que começará na segunda-feira, 25 de agosto, com a 3ª Escola de Formação Política, com debates sobre a integração latino-americana e caribenha, com seus desafios políticos, a situação atual dos instrumentos e instituições desse processo, e os desafios de representatividade e os movimentos sociais.

 Na terça-feira, 26, estarão reunidas as secretarias nas regiões Andino-Amazón.

Outro evento é o 6º Encontro de Juventudes, cujo propósito é examinar as políticas nacionais dirigidas a esse setor, sua participação na defesa dos processos de integração na América Latina e seu papel dentro da integração regional.

 Na quarta-feira, 27, os governos de esquerda farão um balanço da contra-ofensiva imperial na zona e terão lugar várias oficinas para debater temas como a luta pela paz, a criminalização das lutas sociais e a união latino-americana e caribenha contra a construção de um mundo multipolar, entre outros.

 A abertura oficial do Fórum será na quinta-feira, 28, e o encerramento terá lugar na sexta-feira, 29, quando também se realizará um encontro de mulheres, afro-descendentes e de parlamentares, assim como apelos e uma declaração final que incluirá a exigência do cessar imediato do bloqueio econômico, financeiro e comercial dos Estados Unidos contra Cuba, o apoio à causa da Argentina por recuperar as Ilhas Malvinas e a demanda boliviana contra Chile para ter uma saída soberana ao mar.

  O Foro de São Paulo foi fundado, em 1990,  na cidade homônima brasileira, com o objetivo de reunir esforços dos partidos e movimentos da esquerda e debater acerca do cenário internacional, depois da queda do bloco socialista e as consequências do neoliberalismo nos países da América Latina e o Caribe.

 Na sua fundação foram decisivas as contribuições do líder cubano Fidel Castro e o ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

 Outras reuniões do Fórum já foram realizadas em Cidade do México, Manágua, Havana, Montevidéu, São Salvador, Porto Alegre, Cidade da Guatemala, Quito, Buenos Aires e Caracas.

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir