Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

N o s s a   A m é r i c a

Havana, 24 Setembro de 2014

 

Preferência por presidenta brasileira é confirmada nas eleições

Brasília, 24 set (Prensa Latina).— Pesquisas de opinião a cargo de diversas empresas revalidam hoje a preferência do eleitorado pela reeleição da presidenta brasileira, Dilma Rousseff, nas eleições do próximo 5 de outubro.

As sondagens do Vox Populi, Ibope e do instituto MDA, divulgados nas últimas 24 horas, mostram um crescimento do apoio à Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT).

A presidenta sustenta sua campanha eleitoral em promessas de melhoras econômicas e da certeza de que continuará com os programas sociais e reformas políticas para ampliar a democracia e conseguir maior transparência.

Segundo a última pesquisa do Vox Populi, a presidenta tem 40% da intenção de voto, dois pontos porcentuais a mais do que a previsão oferecida ontem à noite pela empresa Ibope.

Sua adversária do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Marina Silva, aparece com 22% da intenção de voto, segundo o Vox Populi, o que evidencia uma queda de cinco pontos porcentuais com relação à pesquisa de 15 de setembro passado, realizada por esta empresa.

Outrora parceira de coligação do falecido ex-candidato Eduardo Campos em um acidente aéreo em 13 de agosto passado, Silva propõe dar autonomia ao Banco Central, diminuir a influência das empresas financeiras públicas e reduzir a exploração petroleira.

Suas propostas são criticadas pela chefa de estado, pois gerariam desemprego e queda dos salários, assim como afetaria a entrega de créditos para a indústria e os serviços.

Em terceira posição está o senador Aécio Neves, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), com 17% de apoio, o que representa um avanço com relação à pesquisa anterior do Vox Populi.

Neves, que defende a redução do aparelho estatal, a privatização de empresas públicas, assim como uma maior abertura para o capital estrangeiro, parece que não poderá superar o limite dos vinte pontos porcentuais.

Analistas políticos destacam um ligeiro crescimento do candidato do PSDB na preferência do eleitorado, mas apontam que seu lento crescimento na disputa não lhe permite se constituir uma potencial ameaça para as candidatas do PT e do PSB.

Outros sete candidatos à presidência do Estado tem 1% do apoio da cidadania, segundo o Vox Populi.

Em um provável segundo turno eleitoral entre Rousseff e Silva, a primeira ganharia as eleições com 45% da intenção de voto, contra 39% que obteria a segunda.

Estes resultados pressupõem um reforço da confiança da chefa de Estado na reta final da campanha eleitoral e um maior apoio às suas propostas, após uma intensificação de seus atos e atividades eleitorais.
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir