Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

N o s s a   A m é r i c a

Havana, 1 Outubro de 2014

 

Rafael Correa pede aos EUA: "Deixem a América Latina em paz"

Para o presidente do Equador, Rafael Correa, os Estados Unidos devem “deixar em paz” os governos latino-americanos e “parar com o intervencionismo”. Em seu discurso, na última segunda-feira (29), durante o Encontro Latino-Americano Progressista, que acontece em Quito, o chefe de Estado denunciou os supostos planos dos Estados Unidos para intervir na região por meio do apoio financeiro a opositores.

Correa criticou com veemência o presidente Barack Obama por sua decisão de apoiar a "formação de líderes e o fortalecimento da sociedade civil" em vários países. O mandatário equatoriano considera que essa atitude é uma nova forma de intervenção contra os governos de esquerda.

"A América Latina sabe muito bem o que isso significa: simplesmente mais intervencionismo. Basta! Basta! Nos deixem em paz. Respeitem a soberania de nossos países", declarou Correa durante seu discurso no Encontro Latino-Americano Progressista que reúne dirigentes e partidos de esquerda de 20 países.

(Extraído do portal Vermelho)

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir