Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

N o s s a   A m é r i c a

Havana, 14 Outubro de 2014

 

Dilma: Reforma política é imprescindível para demais reformas

No encontro com representantes da Comissão Nacional do Plebiscito Constituinte, nesta segunda-feira (13), Dilma falou novamente da importância da mobilização popular para fazer a Reforma Política, que ela define como a "reforma das reformas". Para Dilma, a reforma política é imprescindível para combater a corrupção na política e, com o plebiscito popular e os quase 8 milhões de votos conquistados, o movimento vai se expandir e angariar mais apoio para fazer a reforma das instituições do Brasil.

Dilma disse que, no dia 26, diante das urnas, é importante pensar no futuro do país que, hoje, se vê frente a dois projetos. "O nosso projeto é o social. Não achamos que é possível crescer se o povo não crescer junto". Dilma lembrou que os tucanos desempregam e arrocham salários, que eles proibiram a criação de escolas técnicas no Brasil. "Eles odeiam as palavras gratuito e subsídio", declarou a presidenta, explicando que sem isso não existiria o Pronatec e o Minha Casa Minha Vida.

Dilma também reforçou a diferença dos dois projetos na política externa. Enquanto ela dialoga com a América Latina e cria o Banco dos BRICs, eles viram as costas para o Mercosul e ignoram o Banco dos BRICs. "Por isso, no dia 26, em frente às urnas, vamos pensar em tudo isso e votar na Dilma também", brincou a presidenta. (Extraído do portal Vermelho)

Fonte: Muda Mais
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir