Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

N o s s a   A m é r i c a

Havana, 14 Agosto de 2014

 

Cuba e o mundo abraçaram Fidel

CARACAS. — Fidel é um gigante, um gênio. Sua pegada está na nova América que despertou depois do pesadelo neoliberal. Seu exemplo e sua obra estão impregnados em cada canto destas terras. A triunfante Revolução cubana em janeiro e 1959 “foi a única luz acesa quando se apagaram as luzes no mundo”, suficiente para que “se voltasse a acender a esperança de construir uma sociedade diferente ao capitalismo”.

Os participantes do Primeiro Fórum de Participação Cidadã na Integração da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), que tem lugar na Cochabamba, Bolívia, também lembraram o aniversario natalício de Fidel.

Por proposta do presidente boliviano, Evo Morales, os participantes cantaram felicidades a Fidel. 

“Hoje Fidel completa 88 anos de vida e espero que continue acompanhando-nos com suas reflexões. Para mim Fidel é um pai para nossos povos”, salientou Morales ante o aplauso dos presentes.

Por sua vez, o vice-presidente boliviano, Álvaro García Linera, destacou que Fidel é símbolo do compromisso com a Pátria, da luta contra o imperialismo e a dominação estrangeira..

O governo da Nicarágua também enviou uma mensagem de felicitação. “Quanta sorte, quanta bênção, chegar com você aos 88”, expressa a mensagem assinada pelo presidente Daniel Ortega e a coordenadora do Conselho de Comunicação e Cidadania, Rosário Murillo.

“Não podemos menos que celebrar a vida dum homem que tem sido capaz de uma entrega absoluta à luta do povo cubano e da humanidade para formar um mundo de paz e de justiça social”, expressou o Partido Comunista de Porto Rico.

“Somos médicos de ciência e de consciência graças ao líder histórico da Revolução cubana, Fidel Castro”, afirmou no Equador a jovem Cristina Aldaz, durante uma atividade para festejar o aniversário natalício do líder cubano.

A coordenadora de solidariedade com Cuba no Uruguai, expressou que “o ideário de Fidel tem sido fonte fecunda da qual temos bebido os revolucionários”.

Entretanto, o astro do futebol argentino Diego Armando Maradona escreveu em sua página na rede social Facebook sobre Fidel: “Feliz aniversário para o melhor homem. Amo-o e espero que complete 100 anos mais, para alegria das pessoas”.

Maradona adere às numerosas felicitações que Fidel Castro recebeu. Segundo a Prensa Latina, a data foi comemorada em muitos países do mundo.

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir