Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

I N T E R N A C I O N A I S

Havana, 25 Setembro, de 2014

Na ONU, China pede medidas no combate ao terrorismo internacional

O chanceler chinês, Wang Yi, apontou nesta quarta-feira (24), durante uma cúpula antiterrorismo realizada pelo Conselho de Segurança da ONU, que todos os países estão estritamente interligados perante as ameaças do terrorismo. Por isso, para ele, o enfrentamento comum é a única saída. O diplomata assinalou que esta se trata de uma luta que envolve o futuro do mundo.

Wang Yi especificou que as redes sociais se tornaram um novo campo para as instigações das organizações extremistas, um meio para a organização de ataques e uma plataforma para recrutamento. Na era da informática, alguns jovens são mais influenciados pelas ideias extremistas, razão pela qual, a comunidade internacional deve ficar altamente alerta.

Diante das novas tendências e mudanças do terrorismo, o chanceler chinês sugere que se apresentem novas medidas. Para Wang Yi, deve-se ampliar a coleta e o compartilhamento de informações, estabelecer um banco de dados antiterroristas e uma plataforma de intercâmbios, reforçar o combate ao terrorismo na internet, aumentar o controle nas fronteiras para cortar canais de movimentação e financiamento, além de eliminar organizações ou indivíduos que divulguem ideias extremistas.

O líder chinês ressaltou que, no combate ao terrorismo, é preciso ainda que a ONU e o Conselho de Segurança desempenhem papel de liderança. (Extraído do portal Vermelho)
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir