Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

I N T E R N A C I O N A I S

Havana, 25 de agosto, de 2014

Canal de televisão árabe enaltece qualidades humanas de Fidel Castro

 O líder cubano Fidel Castro está a partir de hoje muito mais perto dos povos desta região graças a um programa do canal de televisão Al-Mayadeen, que enalteceu suas qualidades humanas e revolucionárias.

 Em uma prática sem precedentes, o consórcio de televisão pan-árabe, cuja linha editorial sempre foi a de recusar difundir onomásticos de governantes e políticos, considerou “imprescindível felicitar este grande líder revolucionário por aquilo que representa na recuperação de valores como a justiça, humanismo e liberdade para nosso mundo”, noticia a PL.

 Concebido por ocasião do 88º aniversário de Fidel Castro, em 13 de agosto passado, a rede de televisão difundiu, durante uma hora, excertos de documentários alusivos a Fidel Castro e depoimentos de três pessoas, uma libanesa, um palestino e uma argentina.

A libanesa Wafica Ibrahim, coordenadora nacional do movimento de solidariedade com os Cinco lutadores antiterroristas cubanos condenados nos Estados Unidos, sublinhou a modéstia, simplicidade, firmeza de princípios e o sentido humanista e internacionalista do companheiro Fidel.

 Gaza Kaed Al-Ghoul, membro do Bureau Político da Frente Popular para a Libertação da Palestina, exortou os palestinos “a ler profundamente as reflexões de Fidel” para unir-se e poder derrotar o plano sionista, a ocupação e cooperar na formação de um front amplo universal de resistência. Ainda, disse que Fidel “tem sido grande defensor de nossa causa em todos lados e Cuba é um exemplo a seguir para nosso povo palestino, que resistindo, vencerá”.

 “Para os argentinos e para todos os latino-americanos, Fidel quer dizer dignidade, honra, resistência”, expressou Graciela Ramírez, coordenadora do Comitê Internacional de Solidariedade com os Cinco (antiterroristas). A ativista argentina mencionou como valores inigualáveis do líder cubano ter ensinado a ter confiança sempre na vitória. E aproveitou sua intervenção para fazer similitudes entre a causa dos cubanos presos nos Estados Unidos e a dos palestinos massacrados e agredidos por Israel.

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir