Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

I N T E R N A C I O N A I S

Havana, 13 de Maio, de 2014

Denunciam programa ZunZuneo ante comissão da ONU

GENEBRA.— O programa ZunZuneo criado pelo governo dos Estados Unidos para instigar a subversão em Cuba viola compromissos adotados na Cúpula Mundial da Sociedade da Informação, denunciou segunda-feira (12) a representante permanente de Cuba ante as Nações Unidas em Genebra, Anayansi Rodríguez.

Em sua intervenção na Comissão de Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento 2014, Rodríguez explicou os propósitos reais deste rede.

Entre eles figuram, disse, “incrementar o número de usuários para depois introduzir conteúdos políticos que inspiraram à convocatória de concentrações em massa, fomentando com isto a subversão interna, a desestabilização e o estalido de uma crise política”.

O plano esteve ativo entre 2009 e 2012 e, segundo revelaram em abril passado meios de imprensa, também incluiu empresas fachadas e servidores em vários continentes, para ocultar a origem das mensagens enviadas a milhares de pessoas.

A rede constituiu uma operação encoberta que viola leis cubanas e norte-americanas, como a CAN-SPAM Act, aprovada no Congresso norte-americano em 2003, que proíbe enviar mensagens comerciais ou de outro tipo sem a anuência do destinatário.

“Estes fatos também violam o espírito de compromisso adotado na linha de ação C5 da Cúpula Mundial da Sociedade da Informação, sobre a construção de confiança e seguridade no uso das tecnologias da informação e a comunicação”, acrescentou a embaixadora.

Rodríguez considerou preocupante a existência de dados privados de usuários para serem empregados com fins políticos.

“Os subscritores jamais souberam que o serviço foi criado pelo governo dos EUA, nem que reunia informação privada”, acrescentou.

Mais uma vez, Cuba rejeitou ante esse fórum das Nações Unidas a utilização com fins desestabilizadores das novas ferramentas da informação e as comunicações, e instou ao governo dos EUA a cessar as ações ilegais, encobertas e subversivas. (PL)

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir