Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

I N T E R N A C I O N A I S

Havana, 10 Outubro, de 2014

Estados Unidos: protestos depois que um policial matou um afro-americano

Mais de 200 pessoas aderiram aos protestos pela morte dum jovem de 18 anos

WASHINGTON. — Um policial de San Luis, Estados Unidos, que estava fora de serviço, disparou e matou um adolescente afro-americano, quarta-feira (8).

O agente e 32 anos que trabalhava para uma empresa de segurança em San Luis, Estados Unidos, matou o jovem de 18 anos ao qual disparou em 17 ocasiões, segundo informou o chefe da policia metropolitana de San Luis, Sam Dotson.

Segundo a versão policial, o jovem tinha disparado três vezes contra o agente. O policial não sofreu danos físicos. Contudo, segundo outra versão, o jovem não levava arma, senão um sanduíche na mão.

O jovem fugia junto a duas pessoas mais depois que se lhe aproximara o agente, que vestia o uniforme da policia urbana, explicou Dotson numa coletiva de imprensa.

Em protesto pelo acontecido, um grupo de 200 pessoas se reuniu numa zona do sul de San Luis. Muitos dos manifestantes iniciaram uma marcha por uma das principais ruas da cidade, bloqueando o tráfego.

Até o momento, nenhum dos manifestantes têm sido detido, informou Dotson.

Os protestos têm lugar a poucos quilômetros da localidade de Ferguson, onde em agosto passado um policial matou a tiros outro jovem afro-americano de 18 anos, Michael Brown, fato que também desatou uma serie de manifestações de repúdio. (RT).
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir