Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

E S P O R T E S

Havana. 7 Maio, de 2014

Domadores de Cuba derrota
a Rússia e disputa o ouro com o
Azerbaijão Baku Fires

Na sexta-feira, 2 de maio, o time Domadores de Cuba se converteu no primeiro classificado para a final da 4ª World Series de Boxe, após derrotar a Rússia, por 8-2, no enfrentamento entre eles na semifinal.

Após o triunfo por 3-2, registrado na visita dos cubanos a Moscou, os caribenhos derrotaram convincentemente, por 5-0, a seleção russa, nos combates que tiveram lugar na Cidade Esportiva de Havana, obtendo o direito de discutir a medalha de ouro da 4ª World Series de Boxe. O contrário será o Azerbaijão Baku Fires, que venceu por 6-4, no balanço total, o Astana Arlans Kazaquistão, que era o campeão do certame do ano passado.

No coliseu da capital cubana, o primeiro sucesso cubano veio com a vitória de Leodan Núñez (52 quilos) de maneira unânime, para o favorito visitante Ovik Ogannisian.

Daí em diante, tudo correu como se esperava, pois os boxeadores cubanos eram favoritos, nos combates que deviam efetuar Lázaro Alvarez (60 quilos), Roniel Iglesias (69 quilos) e Julio César La Cruz (81 quilos), eles todos campeões mundiais.

Lázaro, Roniel e Julio César venceram Konstantin Bogomazov, Andrei Zambokoi e Aleksander Khotyantsev, respectivamente, em todos os casos com total clareza e mediante votação unânime.

No último combate do programa, José Angel Larduet (mais de 91 quilos) tampouco era favorito perante Magomed Omarov, que tinha maior estatura e peso corporal. Mas Larduet imitou seus compatriotas e acabou vencendo, neste caso por votação dividida.

"Não podemos considerar isso um resultado que venha surpreender alguém, tendo em conta o nível, a qualidade e a experiência dos boxeadores (dos Domadores)", opinou o treinador cubano Julián González Cedeño, falando dos integrantes do seu time, muitos deles campeões olímpicos e mundiais.

"O propósito de todos é obter o título", reafirmou González, respondendo acerca do ambiente reinante no coletivo. E o estrategista principal, Rolando Acebal, diz que o grupo de boxeadores "respondeu muito bem às exigências de um evento com características novas para eles".

Esse critério é avalizado pelo desempenho final do time, que conseguiu 57 vitórias e teve 13 derrotas, o qual lhe permitiu vencer em 13 dos 14 enfrentamentos efetuados com outros times.

A final e a disputa da coroa terá lugar nos dias 30 ou 31 de maio, numa sala ainda não definida, embora tudo possa indicar que será no próprio Azerbaijão, o que seria muito favorável para os integrantes desse time. (Redação do Granma Internacional)
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir