Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

E S P O R T E S

Havana. 6 Março, de 2014

4a WORLD SERIES DE BOXE
Domadores consolidam hegemonia


Yoel Tejeda

A seleção cubana não defraudou sua torcida e superou por 3-2 o conjunto dos Bakú Fires, do Azerbaijão, no nono enfrentamento dos Domadores de Cuba, no âmbito da 4ª World Series de Boxe, que teve lugar na Cidade Esportiva de Havana. Com esse resultado a Ilha antilhana se manteve na primeira colocação do grupo B, com 27 pontos.

 Nos 52 quilos, Leodán Núñez, terceira figura cubana de sua divisão, derrotou Magomed Abduhamidov, apesar de Magomed ser mais experiente. O cubano foi aclamado pelo público enquanto escutava empolgado o resultado da votação unânime a seu favor de 3-0 (49-46, 49-46, 48-47).

 Outro que estreava nestas lides foi Pablo Vicente (60kg), quem durante os três primeiros assaltos teve um combate equilibrado com seu opoente Hurshid Tojibaev (um reforço do Uzbequistão), embora, realmente, o boxeador visitante atirasse maior número de golpes e mostrasse maior maior agressividade.

 No quarto assalto, Vicente parecia melhor, mas uma ferida na testa de Tojibaev obrigou a para o combate, devido ao abundante sangramento; então os juízes deram o veredicto por 2-1 (48-47, 49-46, 46-49) a favor do visitante.

 O campeão pan-americano, mundial e olímpico Roniel Iglesias (69 kg) teve a seu cargo apagar essa péssima imagem, com esse boxeio elegante que o distingue, o que lhe permitiu vencer no quadrilátero Yahueni Ramashkevich, outro boxeador do Uzbequistão que combate com os do Baku Fires. A decisão final foi de 3-0 (tríplice 50-45) para o cubano.

 O palco estava pronto, então, para que entrasse em ação o pugilista mais esperado da noite, não só pelo cubanos mas também por toda a World Series: o bicampeão do mundo Julio César la Cruz (81kg), que teve que ser operado, há apenas oito semanas, após sofrer, sem graves consequências uma ferida de bala na região abdominal. La Cruz deu uma surra ao vice-campeão mundial, Teymur Mammadov para vencer com uma votação de 3-0 (50-42, 49-43, 49-45) e a enorme ovação da torcida.

 No encerramento dos combates, teve lugar a apresentação mais desluzida dos boxeadores cubanos, quando Yoandris Maceo (+91 quilos) não conseguiu quebrar a defesa do corpulento Arslanbek Makhmudov, possuidor de um forte gancho de direita que fez perder o balanço ao cubano em várias ocasiões. O veredicto foi favorável por 3-0 (50-43, 49-45, 50-44) para o azerbaijano.  

O seguinte compromisso dos Domadores – último da fase de classificação – acontecerá em 12 de março próximo, frente ao time da Rússia (17 pontos, 5-4) na capital moscovita.

 Noutros resultados do mesmo fim de semana: Rússia venceu por 3-2 o México, Itália 3-2 aos Estados Unidos, Argentina 3-2 à Alemanha, Kazaquistão 4-1 à Polônia.

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir