Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

E S P O R T E S

Havana. 6 Agosto, de 2014

RANKING MUNDIAL DE XADREZ
Realidades diferentes para Leinier, Bruzón e Yuniesky

Eyleen Ríos López

APÓS a última atualização do ranking mundial de xadrez, o Grande Mestre cubano Leinier Domínguez manteve-se na 11ª colocação desse ranking, confirmando-se, ainda, como o número um da América Latina; mas seus colegas Lázaro Bruzón e Yuniesky Quesada recuaram relativamente a seus anteriores lugares no referido ranking.

O grande mestre cubano Leinier Domínguez mantém-se na 11ª colocaçao, no ranking mundial de xadrez.

Domínguez não teve mudanças em seus 2.760 pontos no Elo, tendo outro mês de inatividade competitiva, prévia à Olimpíada Mundial de Tromso, Noruega, onde será o enxadrista principal da Ilha.

Este período foi menos afortunado para Lazaro Bruzón, envolvido em uma turnê de quatro eventos nos Estados Unidos que o levaram a perder 32 pontos, ficando com 2.664 e na 82ª colocação do planeta, 30 pontos abaixo da que ocupava antes.

Por seu lado, Yuniesky perdeu seis pontos e agora aparece com 2.649, saindo da lista dos primeiros cem enxadristas, pelo qual aparece agora na 118ª colocação, embora se mantivesse como o terceiro melhor enxadrista cubano, por diante de Isam Ortiz, quem retornou ao grupo dos que possuem Elo de 2.600, com 2.603.

Contudo, vale esclarecer que não se teve em conta o fraco desempenho de Ortiz, no último Campeonato Iberoamericano, concluído em 31 de julho em Linares, Espanha, de onde se despediu perdendo 9,3 pontos.

Na quinta colocação na lista nacional ratificou-se Yuri González, com 2.550 no Elo, quatro pontos mais que os que tinha em julho passado, pelo qual participará como substituto do time cubano, no campeonato mundial que terá lugar na Noruega.

As mulheres continuam sendo lideradas por Lisandra Ordaz com idêntico 2.345, o mesmo que na atualização anterior, tal como Yaniet Marrero (2.324) e Yanira Vigoa (2.317).

Com coeficientes inferiores aparecem Maritza Arribas (2.291) e Sulennis Piña (2.270), as quais perderam 17 e 47 unidades, respectivamente.

Na lista de países, Cuba aparece una 19ª colocação, (2.583), que lidera a Rússia (2.745), Ucrânia (2,695) e a China (2.686). No topo do ranking mundial dos homens reafirmou-se o norueguês Magnus Carlsen (2.877) e depois o armênio Levon Aronian (2.805).

A novidade foi o italiano Fabiano Caruana, quem conquistou 12 unidades e aparece na terceira colocação mundial, com 2.801, pela primeira vez no privilegiado clube dos que têm mais de 2.800 pontos. (Extraído do semanário Jit)
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir