Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

E S P O R T E S

Havana. 5 Novembro, de 2014

Prata para Osleni em São Paulo
• Somente perdeu na grande final para o sueco Hurskainen,
38º no ranking mundial

Lisset Isabel Ricardo

O cubano Osleni Guerrero conquistou a medalha de prata na 29ª Copa Internacional de Badminton do Brasil, que concluiu no domingo 2 de novembro, em São Paulo, após cair frente ao experiente sueco Henri Hurskainen, em três sets.

Seu contrário não se confiou e apressou o triunfo, com placares de 11-6, 11-7 e 11-6, em 25 minutos de jogo, entretanto o francês Marin Baumann e o israelense Misha Zilberman obtiveram as medalhas de bronze desta lide com categoria Challenge, que deu 4 mil pontos ao campeão e 3.400 ao cubano.

Os dos finalistas chegaram à jornada de encerramento, após quatro triunfos consecutivos cada um. Precisamente, ambos concorreram no Grand Prix de Brasil, no mês de agosto passado, quando perderam seus respectivos encontros, na semifinal e compartilharam a terceira colocação.

O sueco Henri realmente era o favorito, devido a sua privilegiada 38ª colocação no ranking mundial e interveio neste ano em 16 torneios de diferentes níveis, incluindo o mundial da Dinamarca onde, tal como seu rival cubano, foi derrotado no primeiro desafio.

Esta é sexta medalha obtida por Osleni nesta temporada, que já conseguiu medalhas de ouro no torneio Aberto do Peru e no Pan-americano dessa modalidade, nos quais manteve a coroa, assim como no torneio internacional da Venezuela, no qual foi o campeão nas três edições anteriores.

Osleni, na 53ª colocação no ranking mundial – no ano passado chegou até a 46ª — começou a campanha obtendo a medalha de bronze no torneio Giraldilla de Havana e outra da mesma cor no Grand Prix do Brasil. Entretanto, acabou entre a quinta e a oitava colocações, em sua estreia no Aberto da Bélgica, para adicionar agora à sua coleção uma de prata.

Em São Paulo, Osleni obteve vitórias frente ao anfitrião Matheus Voigt, o francês Lucas Claerbout, outro brasileiro; Alex Yuwan Tjong e o israelense Misha Zilberman.

Por seu lado, o sueco, primeiro classificado entre os participantes, eliminou o brasileiro Luiz Dos Santos, o belga Maxime Moreels, o austríaco Luka Wraber e o francês Marin Baumann.

No dia 9, Guerrero viajara a Suriname a defender a coroa que obteve no ano passado, após derrotar o tcheco Jan Frohlich e os 2,5 mil pontos que outorga este torneio de categoria série internacional.

Será a antessala para a estreia de Osleni nos Jogos Centro-americanos e do Caribe, em cuja edição de Veracruz, México, ele aspira a obter o título individual e outra medalha nas duplas. (Reproduzido do semanário Jit)
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir