Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

E S P O R T E S

Havana. 28 Maio, de 2014

Equipes cubanas classificadas para Campeonatos Mundiais
• As duas seleções conseguiram a classificação nos torneios Norceca, efetuados em Havana. O time masculino estreia na Liga Mundial em 6 de junho, no México

Alfonso Nacianceno

UM desempenho excelente da jovem seleção masculina de voleibol, vencedora de forma invicta no recém-concluído Torneio da América do Norte, Central e do Caribe (Norceca), efetuado em Havana, permitirá que os times cubanos de ambos os sexos estejam presentes nos Campeonatos Mundiais de 2014.

 Anteriormente, num torneio também efetuado em Havana, as mulheres conseguiram a classificação para a lide do mundo, que terá lugar no mês de outubro, na Itália; entretanto, o time masculino também se classificou e estará numa competição similar, de 30 de agosto a 21 de setembro, na Polônia.

 Acerca do desempenho das moças, já tínhamos comentado que triunfaram nos seus quatro jogos sem perder um único set, vencendo os times do Haiti, Curaçau e Trinidade e Tobago. As cubanas venceram Trinidade e Tobago nas eliminatórias e num segundo jogo decisivo, que lhes deu a classificação para o Campeonato Mundial.

 Quanto à seleção masculina, em data mais recente, os homens tiveram como contrários os times de Barbados, Suriname e República Dominicana. Os cubanos venceram os jogadores dominicanos no torneio Norceca do ano passado; contudo, essa equipe mostrou que se superou muito, pois conta com quatro jogadores que estão nas ligas europeias e no Brasil.

 Após vencerem por 3-0 sem dificuldades, os surinameses e barbadianos, os cubanos enfrentaram o forte coletivo dominicano, em dois jogos que acabaram com o mesmo placar: 3-1, o segundo deles muito mais renhido que o primeiro, na fase das eliminatórias.

 UMA EQUIPE DE NOVATOS

 Do time de Cuba, vencedor da medalha de prata no Campeonato Mundial da Itália, em 2010, os antilhanos apenas conservam na lista o atual capitão, o canhoto atacante oposto Rolando Cepeda, e o bloqueador central Isbel Mesa. O restante da seleção é formada por novatos, alguns dos quais fizeram sua primeira viagem ao exterior nos começos de maio, quando uma dúzia de jogadores fez um treino de altitude no México.

 Conduzidos pelo diretor técnico Rodolfo Sánchez, o coletivo de Cuba melhorou ostensivelmente sua disciplina tática e vai a caminho de resolver um tema que o tem afetado muito nos últimos anos; possuir dois atacantes auxiliares, como Javier Jiménez e Osmany Uriarte, capazes de marcar, em média, mais de dez pontos cada um deles nos jogos, além de garantir a recepção da bola, em uma época em que a grande maioria dos contrários utiliza o difícil serviço com salto, forte e roçando a rede.

 Ainda se observa um crescimento na atuação dos centrais Isbel Mesa e David Fiel, homens de dois metros de altura, os quais já participaram de Ligas Mundiais e, ainda que pudessem ser considerados novatos, mostraram qualidade para brilhar numa posição que para muitos especialistas é na qual nos homens duram mais tempo para dominar todos os elementos técnicos, sobretudo o bloqueio.

 Articulados em torno do organizador Leandro Macías, a esquadra cubana tem um caminho longo por percorrer, para se instalar no topo do voleibol universal, aonde conseguiu entrar quatro anos antes. Porém, agora os alunos de Sánchez compõem uma formação que pode confiar nos jogadores da reserva, tais como Abraham Alfonso, Liván Osoria e Danger Quintana, o último deles com uma lesão, que em breve deve retornar ao time.

 O líbero Yonder García, um jovem de apenas 20 anos, mostrou bom sentido de sua colocação na quadra e aceitável manuseamento da bola, para poder substituir o experiente Keibel Gutiérrez, quem esteve durante anos nessa posição.

 Assim, com um time cheio de novatos, Cuba iniciará, no próximo dia 6 de junho, no México, seu caminho na Liga Mundial, antessala do campeonato mundial, na Polônia. Serão dois certames nos quais estes benjamins enfrentarão o mais seleto do voleibol no planeta.

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir