Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

E S P O R T E S

Havana. 20 Março, de 2014

4ª World Serie Mundial de Boxe
Derrota controversa para Cuba

Yoe Tejeda

Os Domadores de Cuba terminaram a fase classificatória com seu primeiro enfrentamento perdido, depois de nove apresentações com sucesso na 4ª World Serie Mundial de Boxe, experiência que deve ser examinada pelos técnicos nacionais.

Seu contrário de turno, o time da Rússia, aproveitou a condição de anfitrião para vencer o invicto antilhano, num resultado de 3-2, que poderia ter favorecido os visitantes, caso os juízes tiverem votado com justiça no combate de Julio César la Cruz e Nikita Ivanov (81 kg).

 Somente para o público russo e dois dos três juízes Ivanov foi o vencedor do quarto combate dessa noite na Arena Moscou, pois o vice-campeão mundial La Cruz foi superior no ringue, no quinto round, aonde chegaram empatados. O escrutínio final foi contra o cubano, que não perdia desde os Jogos Olímpicos de Londres 2012.

 É certo que nos últimos dois combates, coincidentes com seu retorno após a intervenção cirúrgica, La Cruz mostrou-se com demasiados gestos em suas ações, no afã de mostrar que está em ótima forma esportiva. Lança três ou quatro murros e baixa a guarda, provocando que o contrário o bata com efetividade, o qual tende a ser apreciado pelos juízes, sobretudo se este último concorrente é local.

 Esse combate foi o que determinou o encontro a favor da Rússia, pois Gerardo Cervantes (52) e Yoandi Toirac (+91) estiveram inferiores a Bakhtovar Nazirov e Maxim Babanin, respectivamente. Felizmente, Lázaro Álvarez (60) e Arisnoidis Despaigne (69) mostraram um boxe sólido que trouxe as únicas duas vitórias do encontro, com Adlan Abdurashidov e Andrei Zamkovoi como suas vítimas nessa ordem.

 Cervantes chegou ao quarto round com o marcador bastante igual, mas em melhor estado que seu contrário. Estava mais dominante no ringue, quando um golpe consistente de Nazirov o fez perder por nocaute técnico. Segundo comentou o doutor em Ciências Luis Michel Álvarez, os boxeadores europeus caracterizaram-se por amarrar muito, dar passos atrás e a seguir golpear forte na cabeça, e isto foi precisamente o que fez o russo, até que conseguiu desferir um golpe com exatidão e derrubar o cubano.

 Cervantes parecia destinado a vencer, mas golpes fortes como o que recebeu podem surgir em qualquer instante, e nesta ocasião seu descuido custou-lhe o combate.

 Bastante desluzido também foi o enfrentamento entre Babani e Toirac, que devia demonstrar que possui um nível superior e, contudo, não fez. Assim ficou evidenciada novamente a pouca efetividade dos superpesados cubanos nos combates de qualidade.

Sexta-feira, 28 de março começarão as quartas-de-final, onde Cuba, primeiro lugar no grupo B, visitará os Knockouts dos Estados Unidos, no ambiente da cidade de Miami.

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir