Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

E S P O R T E S

Havana. 6 Agosto, de 2014

JUDO PARA DEFICIENTES FÍSICOS
Duas medalhas de prata no Mundial
de Colorado Springs
• Dalidaivis Rodríguez e Yangaliny Jiménez obtiveram os segundos lugares. Cuba conseguiu outra medalha de bronze

Roberto Méndez

COM medalhas de prata terminaram os judocas Dalidaivis Rodríguez e Yangaliny Jiménez no Campeonato Mundial de Judô da IBSA (Associação Internacional de Esportes para Cegos) efetuado na cidade de Colorado Springs, nos Estados Unidos.

Dalidaivis Rodríguez, campeã paraolímpica em Londres´12, desta vez perdeu na final da divisão de 63 quilos para a a ucraniana Iryna Husieva.

Por seu lado, Yangaliny Jiménez, natural de Sancti Spiritus, que obteve a medalha de bronze na capital britânica, disputou o ouro na divisão de mais de 100 quilos mas não o conseguiu perante o uzbeque Adiljan Tulendbaev.

Em outros resultados destacados o estreante Yordani Fernández conquistou uma das medalhas de bronze na categoria de 100 quilos nos combates que tiveram lugar no Centro Olímpico dessa localidade norte-americana.

Dos restantes participantes cubanos chamou a atenção que os campeões paraolímpicos Isao Cruz (81 quilos em Sydney 2000 e em Pequim 2008) e Jorge Hierrezuelo (90 quilos, em Londres 2012) não puderam aceder aos pódios e finalizaram na quinta e sétima colocação, respectivamente.

O cubano Gerardo Rodríguez, nos 73 quilos, ficou na sétima colocação, e junto dos outros judocas já mencionados conseguiu obter a pontuação necessária para se classificar para os Jogos Paraolímpicos de Rio de Janeiro 2016.

Eles devem conseguir sua classificação para os Jogos Olímpicos de 2016, caso terem bons resultados nos Jogos Parapan-americanos de Toronto 2015, pois perderam a chance que dava este certame, para aqueles que obtivessem a medalha de ouro.

Além das competições individuais se efetuaram as das equipes, com o Brasil como titular entre os homens e a Rússia nas mulheres, fase que não contou com a participação de Cuba, pois todos seus representantes são deficientes visuais e as regras estipulam, ao menos, que um dos concorrentes da equipe seja cego totalmente.  (Excertos tomados de Jit)
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir