Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

C U L T U R A

Havana. 30 de Julho, de 2014

HABANARTE 2014
Panorama da cultura cubana na cidade

Mireya Castañeda

JUNTAR o melhor de todas as manifestações artísticas, sob o lema ‘A arte toda de uma vez’, é a proposta do Festival Habanarte que já se anuncia para os dias 11 a 21 de setembro próximo.

Patrocinado pelo Ministério da Cultura de Cuba, o encontro permitirá a participação de mais de mil artistas e agrupações e tornará Havana um grande palco e vitrina da vigorosa cultura cubana.

Num encontro com a imprensa no bar Delírio Habanero, do Teatro Nacional de Cuba, que contou com a presença do vice-ministro da Cultura, Julio Ballester, foi informado sobre a programação que se aprecia extensa e intensa.

O Festival significa dez dias de música, dança, artes plásticas, artesanato, literatura, audiovisual, teatro, eventos teóricos, visitas a lugares patrimoniais, museus e lugares históricos.

HAVANA É UMA CIDADE MUSICAL

Para um dos músicos participantes, David Blanco, "um evento deste tipo, em toda a cidade e com todo tipo de música, é maravilhoso", e o cantor Waldo Mendoza o considera "um caminho importante que se abre para todos os artistas, um sucesso para o país, para a difusão e promoção da música, em espaços para dançar, para escutar jazz, trova, boleros...".

Alguns desses espaços para todos os gêneros são a Fábrica de arte, El Sauce, o Palácio da Rumba, Máxim Rock, Submarino Amarillo, o salão 1930, do hotel Nacional de Cuba, Café Miramar, teatro Karl Marx, sala Covarrubias do teatro Nacional e o salão Rosado da capital.

A música para dançar estará representada por Los Van Van, Pupi y los que son son, Habana de Primera, Adalberto Alvarez, La Charanga Latina, Anacaona e NG La Banda, e na música tradicional marcarão presença Elíades Ochoa e os sextetos Habanero e Ignacio Piñero.

Com certeza, haverá música para todos os gostos: pop, rock, jazz, rumba e o clássico, e entre os interpretes estarão, David Blanco, Tesis de Menta, Aldo López Gavilán e seu grupo, Harold López Nusa e sua banda, Camerata Romeu, Frank Fernández com a orquestra de Câmara Música Eterna, Buena Fé, Clave y Guaguancó, Yasek Manzano, Gerardo Alfonso, Pedro Luis Ferrer, pianistas vencedores do JoJazz, X Alfonso, Los Papines, Haila Mompié, Tania Pantoja, Vania Borges e Beatriz Márquez.

DIVERSAS ARESTAS DO TEATRO

O Prêmio Nacional de Teatro, Gerardo Fulleda, precisou que Habanarte "mostra a diversidade da nossa cultura, e abre arestas com nossos espectadores cotidianos e convidados, para poder conhecer o que estamos fazendo".

O diretor de La Colmenita, Carlos Cremata, anunciou que "nesta festa imensa das artes vamos apresentar um espetáculo onde participou La Colmenita e a orquestra Los Van Van, com música do inesquecível Juan Formell".

As propostas das artes cênicas também são numerosas. Por exemplo, Mefisto Teatro apresenta Escándalo em la trapa; Pequeño teatro de Havana: El flaco y el gordo; Teatro D’Dos: Contigo pan y cebolla; De la Luna: Delírio habanero e Argos Teatro: El Tío Vania.

A dança, por sua vez, estará representada por reconhecidas companhias: o Ballet Nacional de Cuba (Las sílfides, El cisne negro, Dido abandonada); Dança Contemporânea e o Conjunto Folclórico Nacional, ambos com programas-concertos; Habana Compás, Dança Aberta, Ballet Espanhol de Cuba (Y lo español se baila asi); Companhia Irene Rodríguez (De lo clásico al flamenco); Ecos (De la misma rama) e Habana Compás Dance (Fusión y pasión).

CINEMA HAVANA

Uma grande retrospectiva do cinema cubano da Revolução, com uma produção cinematográfica importante e filmes de muito prestígio, e de sua etapa anterior serão expostos nas principais salas da cidade.

Entre os temas buscados estarão Hasta cierto punto, de Tomás Gutiérrez Alea, e Nosotros, la música, onde se incluem inúmeros documentários realizados sobre o tema.

AS ARTES PLÁSTICAS DE TODOS OS TEMPOS E ESTILOS

O público também poderá desfrutar de uma síntese ampliada do melhor da arte realizada na Ilha. Nesses dias, por exemplo, terá lugar o 6º Salão da Arte Contemporânea, no centro de desenvolvimento das artes visuais, na Praça Velha, um momento fundamental da plástica onde se apresenta o mais vanguardista do que se faz agora mesmo.

Entretanto, no Centro Wifredo Lam será inaugurada a exposição As outras narrações. Uma década de animação independente, com mais de cem artistas; e XI’2 no próprio Centro de Desenvolvimento e na Fototeca de Cuba.

No museu Memorial José Martí estará a exposição-homenagem a Samuel Feijoo, por ocasião de seu centenário e na galeria Servando, No mesmo tempo, no mesmo lugar, com obras de jovens artistas e de Eduardo Ponjuan, Prêmio Nacional de Artes Plásticas 2014.

Além de visitar as coleções dos Museus das Belas Artes, das Artes Decorativas e da Dança, também foram organizadas visitas aos ateliês de 15 artistas contemporâneos, entre eles, Eduardo Roca (Choco), Zaida del Río, Nelson Domínguez, Roberto Diago e KCHO, no seu estúdio no bairro El Romerillo.

Ainda, foram organizadas as visitas Havana Art déco; Havana de Hemingway, Cinema Havana, Em Cuba se dança assim e Dança eterna (Escola Nacional de Ballet).

CUBA COMO DESTINO CULTURAL

O Festival, pensado também para o turismo, organizou através da agência Paradiso pacotes especiais em hotéis da Havana antiga, Vedado e Miramar. Na entrevista coletiva foi anunciado que já foram recebidos pedidos da Colômbia, Trinidad e Tobago, México e Venezuela.

Habanarte 2014 será a grande festa da cultura cubana. Somente dez dias. Selecionar? Um momento.
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2013. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir