Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO|Assinatura jornal impreso| 

 C U B A

Havana. 28 Novembro, de 2014

Marcas na memória

Arlin Alberty Loforte

Jovens e estudantes marcharam neste 27 de novembro, por ocasião do 143º aniversário do opróbrio que matou os oito estudantes de Medicina, os quais foram fuzilados ante um paredão.

Nesta ocasião, antes de partir desde a escadaria da Universidade de Havana, foi recordada essa parte da história que Cuba não repetirá jamais, se prestaram honras à inocência lacerada e se falou do legado que esses jovens deixaram e que levam consigo os médicos cubanos a cada canto do mundo onde multiplicam internacionalismo e solidariedade.

Por isso agora se fala da brigada Henry Reeve, do exemplo dos que agora mesmo combatem o Ébola na Guiné Conacri, Serra Leoa ou Libéria e da continuidade garantida pelo relevo em formação.

A Federação Estudantil Universitária convocava, e o povo, os estudantes e os jovens acudiram...

Bandeiras cubanas e dos países onde está presente nossa colaboração médica ondularam durante a Marcha até o Mausoléu de La Punta, onde teve lugar o oprobrioso fato. Também foram colocadas oferendas florais em nome da juventude, dos estudantes e do povo que aderiram às enviadas por Fidel e Raúl.

 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2014. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir