Presos Políticos do Império| MIAMI 5      

     

Só TEXTO|Assinatura jornal impreso| 

 C U B A

Havana. 12 Novembro, de 2014

Presidente do Serviço Mundial de
Igrejas visitou o herói Antonio Guerrero
na prisão federal da Flórida

O presidente e diretor executivo do Serviço Mundial de Igrejas (CWS, por suas siglas em inglês), uma instituição religiosa com fins humanitários assente em Nova York, Estados Unidos, reverendo John McCullough, visitou recentemente o herói cubano Antonio Guerrero Rodríguez na prisão federal de Marianna, na Flórida, onde cumpre uma injusta sentença por lutar contra o terrorismo.

McCullough, que tem o propósito de viajar em breve a Cuba para conversar com líderes da Igreja, representantes governamentais e familiares dos Cinco, fez-se acompanhar do presidente da Convenção Progressiva Nacional Batista, doutor Carroll A. Baltimore, e do diretor executivo do Conselho de Igrejas da Flórida, reverendo Russell L. Meyer, segundo um comunicado de imprensa do CWS.

O reverendo descreveu como "positiva" a visita a Guerrero, um dos três lutadores antiterroristas dos Cinco, ainda recluído no território norte-americano, além de Gerardo Hernández Nordelo e Ramón Labañino Salazar.

"Nossa visita com certeza o estimulou e entusiasmou. Ele realmente se observa com muita energia e muito forte no aspecto psicológico, emocional e espiritual", assegurou.

McCullough tem previsto, após solicitá-las e negociá-las, visitas a Ramón e Gerardo.

"Durante muitos anos, o CWS propôs reiteradamente aos governos dos Estados Unidos levantar o obsoleto bloqueio econômico, comercial e financeiro contra Cuba, e normalizar as relações com a Ilha caribenha", disse McCullough, antes de assegurar que sua visita era pastoral mais do que política.

"Há um imperativo de fé que realmente nos conduz a esta missão… Isto não é uma iniciativa política. Somos felizes de deixar os políticos fazer o que fazem, mas também nós queremos que entendam que, como líderes de fé, nós vamos fazer o que os líderes de fé fazem", expressou o presidente do CWS para mostrar aos políticos de seu país qual deve ser o rumo correto a seguir.

Durante o ano 2013, McCullough uniu outros líderes de fé dos Estados Unidos para instar o presidente Barack Obama a que levantasse restrições para as viagens de religiosos e acadêmicos a Cuba, além de viagens sem restrição para cubanos americanos.

E esse movimento, que foi julgado pelos líderes como um passo de reforço com a igreja em Cuba, continuará em todos os fronts, segundo o próprio diretor executivo do CWS.

"Somos humanitários e… a política que relega as pessoas a condições de fome e pobreza está enganada", afirmou. (Com informação do site oficial do Serviço Mundial de Igrejas)
 

IMPRIMIR ESTE MATERIAL


Diretor Geral: Pelayo Terry Cuervo. Diretor Editorial: Gustavo Becerra Estorino
HOSPEDAGEM: Teledatos-Cubaweb. Havana
Granma Internacional Digital: http://www.granma.cu/

  Inglês | Francês | Espanhol | Alemão | Italiano | Só TEXTO
Só TEXTO / Assinatura jornal impreso

© Copyright. 1996-2014. Todos os direitos reservados. GRANMA INTERNACIONAL/ EDICAO DIGITAL

Subir