Reflexiones del Comandante en Jefe

 

QUINTA REFLEXÃO SOBRE OS PAN-AMERICANOS

Apesar de tudo

Você acha que só desfruta dos Pan-americanos? Analise bem, veja que você a qualquer idade corre, salta, lança pesos, dardos, discos, e martelos, voa por cima dos obstáculos e das pistas, troca bastões, faz cortada, encesta, rema, dá ippons, aplica uma chave ao seu rival, segue estratégias, deita-se água por cima depois de correr durante duas horas e até deixa de receber o oxigênio do qual precisam seus pulmões. Que belo espetáculo oferecem os atletas!

Porém você não só desfruta; você participa, ainda mais quando competem atletas de seu país. Em nosso caso, são poucos os eventos dos quais não participam uma equipe ou um atleta cubano.

Por outro lado, julho e agosto são meses de intensa atividade comemorativa. Coincidem com o período mais caloroso e úmido do ano. A isto se soma uma palavra mágica: férias! Juntam-se em seus lares milhões de crianças, adolescentes e jovens. Todas as idades estão influenciadas pela obsessiva necessidade de relaxação na época tensa na qual vivemos.

É a vez das mães, sobretudo das avós. Com quanto amor e tenacidade tomam conta dos filhos de seus filhos e até dos filhos de seus netos. Ano após ano são as heroínas da maratona.

As datas comemorativas careceriam de sentido sem os avanços atingidos por nossa Revolução, que são a soma de exemplos e dos esforços realizados durante muito tempo. Cuba é um país quase único no que respeita aos serviços gratuitos na educação, na saúde e na prática esportiva.

Homenagem especial para o companheiro que exatamente hoje há 50 anos entregou sua vida combatendo a tirania: o jovem herói de 22 anos, Frank País.

Aqueles que lutaram por estes ideais nos conduziram aos níveis atuais de justiça social, incluindo o pleno emprego para homens e mulheres de nosso país.

O sucesso mais importante da Revolução é a capacidade de resistir quase meio século de bloqueio e privações de todo tipo. Não exclui a limitação na variedade e qualidade dos alimentos e as futuras ameaças de preços inacessíveis pela exigência imperialista de utilizar parte importante desta escassa e vital matéria-prima na produção de combustível.

Os Pan-americanos chegaram a seu termo, estarei com saudades deles.

Cuba conquistou o primeiro lugar no atletismo, com 12 medalhas de ouro, e o segundo por países nos XV Jogos Pan-americanos com 59 medalhas de ouro no total, depois dos Estados Unidos, que ganharam 97; isto é, 1,64 medalhas de ouro em cada uma das ganhas por nosso país. Mas os Estados Unidos têm 26 vezes mais habitantes do que Cuba. Segundo cálculos conservadores, eles conseguiram uma em cada 3,09 milhões de habitantes; nós, uma em cada 195 mil habitantes.

As combativas notas do Hino Nacional de Cuba foram escutadas em 59 ocasiões. Apesar de tudo!.

Fidel Castro Ruz

30 de Julho de 2007

17h48

   

SubirSubir